Escolha seu idioma

Editorias por etapa da jornada do consumidor

Atualizado: 19 de ago.

Conteúdos específicos para cada uma das etapas da jornada do consumidor.

Cada uma dessas etapas é um ponto de contato com a nossa Buyer Persona, a editoria é o tipo de conteúdo que vai ajudar a concretizar o objetivo da etapa.


A linguagem, discurso, e forma de abordagem da nossa Buyer Persona em cada ponto de contato com a nossa marca influência muito o resultado do processo de transformação de um “Suspect” em Promotor (Status da Buyer Persona durante a Jornada do Consumidor).



Etapa Descoberta


Nesta primeira etapa o objetivo do conteúdo é o Infotenimento para fazer a conexão muito instantânea e rápida.

Para experiência da marca trata-se de Identificação, para captar a atenção e reter o prospeto na jornada do consumidor.


O Tik Tok e Reels são o destino perfeito para um conteúdo simples rápido e curto deste tipo.


Características do Infotenimento:

- Informa


- Educa


- Entretêm


Chama atenção e passa a mensagem, não vai ser profundo, mas tem que ser o suficiente para captar a atenção, para levar a pessoa visitar o perfil, o web site e assim continuar a jornada do consumidor.


Editorias

. Trending

São os conteúdos que estão em alta no momento em cada mídia social, o objetivo aqui é conseguir fazer a ponte entre o nosso conteúdo e o que está a ser mais visto em cada mídia.

No descobrir do Tik Tok podemos ver as Trends que estão acontecendo.

Em "Assuntos do Momento" no Twitter é possível saber quais os assuntos mais falados do momento.

No Youtube em "Explore" / "Trending" / "Now" podemos ver quais são os vídeos mais vistos do momento.

Cada mídia social permite identificar o seu “tranding”.


. DIY

Do It Yourself - Faça Você Mesmo

Conteúdo onde se ensina as pessoas a fazerem em casa alguma coisa.


. Tutorial

Tutoriais são mais indicados para ensinar a pessoa a como fazer um web site, um funil, etc.

O Carrossel e o Reels são destinos muito bons para este tipo de conteúdo.

Devemos tentar fazer a ponte este tipo de conteúdo com um serviço que vendemos, para que se posso fazer email marketing.


Exemplo:

Como colocar o seu negócio no Google Maps

Como aumentar as vendas do seu salão de beleza


Este conteúdo depois de bem trabalhado e desenvolvido poderá dar origem a um curso, ou mentoria de 1 para 1 ou de 1 para muitos.


. Identificação

O conteúdo de identificação é aquele onde as pessoas se reveem, se identificam, assuntos do dia a dia, que as pessoas estão vivenciando.

Quando se fala num desses assuntos as pessoas se identificam na hora.


Exemplo:

Os melhores biquínis para o signo de áries - Os signos geram identificação imediata.

Você gosta de gatos? Então isto é para si.


O seu negócio ainda não está online. Então assista este vídeo que no final tem uma dica para si.


. Buscados

Temas associados ao que é mais procurado no momento.

Temas que estão a ser procurados nos motores de busca.



Etapa Consideração


Para a segunda etapa, o objetivo do conteúdo é a educação, vamos passar conteúdo com alguma profundidade, não muita.


Conteúdo não muito curto, não muito longo, a experiência da marca aqui é o Encantamento, vamos desenvolver os temas um pouco mais.


Aqui o foco para destino do conteúdo vai para o Feed e o Stories.


Editorias

. Dicas

Dicas relacionadas aos nossos produtos ou serviços, para quem está a fazer um web site, para gestão de redes sociais, etc.

Conteúdo relevante e interessante para o nosso avatar faz com que ele se mantenha em busca de mais conteúdo nosso.


Exemplo:

O que não pode faltar num web site de 1 página

O que é o SEO básico

Como ter mais likes nos seus posts


. Novidades

Novos lançamentos, notícias de interesse para a nossa persona, podemos antecipar tendências aqui.

Este conteúdo ajuda a criar autoridade, podemos dar a notícia e comentar.


Exemplo:

Nova ferramenta para funis de leads e vendas

O Instagram vai lançar um novo tipo de Feed


. Reviews

Pode ser usado em complemento das "Novidades", quando é lançada uma nova ferramenta, podemos testar e fazer uma análise final.


Exemplo:

Comparar o Systeme.io com o ClickFunnels

Zoom vs WhatsApp


. Blog

Conteúdo para Blog é normalmente mais profundo e desenvolvido, pode dar origem a um e-book. Focado em SEO, em indexação para os motores de busca como o Google.

Pode ser distribuído através de Stories, LinkedIn ou Facebook, mas todos com link para o Blog.

Conteúdo excelente para esta etapa da jornada do consumidor.



Etapa Conversão / compra


Na terceira etapa Conversão/ Compra, o objetivo do conteúdo é Convencimento, prova social, a melhor forma de se convencer alguém a comprar o nosso produto, é colocar alguém parecido com ele com as mesmas necessidades, dores e desejos, dando um depoimento sobre o nosso serviço ou produto.


A apresentação de um caso de sucesso de um cliente nosso, ajuda e muito na hora de decisão de uma pessoa que está interessado num serviço nosso, mas que ainda está na dúvida .


Aqui a experiência da marca é validação, é a concretização, convencer o cliente a fechar a comprar.

Editorias

. Cases

Casos de sucesso por segmento, descrição completa da necessidade ou dor de um determinado cliente, apresentação da estratégia usada e por fim a explicação do processo de resolução do problema. Colocar em destaque no web site, ou num artigo do blog.


. Depoimentos

Depoimentos por persona demonstrando os resultados de clientes satisfeitos com o nosso produto ou serviço.

Usar em funis de leads e vendas, colocar também na página do produto.


. Produto/ serviço

Falar do produto ou serviço de forma criativa, colocar num contexto que sirva de dica, sobre o processo de criação e não como venda por si só.


. Lançamentos

Editoria estratégica para que todos os meses se faça uma promoção, um lançamento de um novo produto ou serviço.

Lançamento de um novo prato no cardápio, de uma nova colecção, etc.

É uma estratégia que resulta para atrair novos clientes.



Etapa Experiência Própria


Objectivo do conteúdo da etapa de Experiência Própria é Educação Sobre a Marca para quem comprou pela primeira vez, acompanhar quem comprou desde a compra até à primeira impressão, o objectivo é aumentar o capital de quem comprou.


Tornar a experiência própria tão elevada para que o cliente volte a comprar, e faça a partilha da sua experiência com o nosso produto ou serviço nas suas redes sociais.


Aqui a experiência da marca é a impressão, essa primeira impressão com o nosso produto ou serviço deve de ser excecional.


Uma boa forma de reter o cliente é criar conteúdo ou promoções exclusivas para que é cliente.


Editorias

. Cultura

Conteúdo que fala dos valores, da missão da empresa, para fazer com que as pessoas se identifiquem e que se queiram conectar, pertencer ao movimento.


. Bastidores

Mostrar os bastidores da marca, produto ou serviço humaniza muito a marca.


. Estudos próprios

Usar os próprios dados CRM (Customer Relationship Manager), para mostrar tendências e resultados.


Exemplo:

Para uma imobiliária, quais os imóveis mais valorizados por região.


. Comunidade

Aqui o conteúdo deve de ser claro, e focado em temas de manifesto, baseado num propósito, em cultura, para que os clientes se identifiquem, que não olhem apenas para o produto ou serviço, para que as pessoas sintam orgulho de pertencer à comunidade isso aumenta a probabilidade das pessoas se tornarem promotores.



Etapa Experiência Compartilhada


O objetivo do conteúdo, é Inspiração e a experiência de marca é a Expressão.

Na última etapa da jornada, Experiência Compartilhada, são editorias com conteúdo para estimular a partilha espontânea e criação de conteúdo pelo próprio cliente (User Generated content).


Editorias

. UGC User Generated Content

Conteúdo vindo do cliente, pode ser em forma de review, uma análise, um stories, uma dica de utilização do produto ou serviço.

Funciona muito bem postar esse UGC em posts orgânicos ou pagos, fazendo sempre referência ao cliente, e ele naturalmente vai comentar e partilhar nas suas redes.


. Dicas de clientes

Conteúdo produzido por um cliente que já usa o produto/ serviço há algum tempo, já teve uma experiência de alguma forma com a nossa marca.

Pode ser uma explicação de como obter melhores resultados, sobre um determinado produto ou serviço.

Todo o conteúdo criado pelo cliente e partilhado por nós nas nossas redes sociais deve de ir com a passoa marcada (TAG).


. Correntes / Challenges

São conteúdo desafio para pessoas que já são clientes. Funciona muito bem para fazer os clientes se conectarem com a marca.


Exemplo:

Mar


ca de roupa de desporto – “Tira uma foto do seu local preferido para fazer Yoga”

Marca de biquínis – “Tira uma foto da sua praia preferida”


É muito provável que as pessoas vistam a roupa da marca do desafio, assim existe uma associação direta com a marca, este tipo de conteúdo chega a mais pessoas e faz com que elas se sintam parte dessa corrente.



#digitalmarketing #marketing #socialmediamarketing #socialmedia #business #branding #marketingdigital #entrepreneur #instagram #marketingstrategy #unboundmarketing

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo